eu tive um sonho

Hoje na tv, um comentarista inicia assim “eu tive um sonho, mas não como o de Luther King…” nesse instante parei o que estava fazendo e fui prestar atenção… e continua “eu sonhei com um campo de golfe… em que estavam Moisés, Jesus e um velhinho muito velhinho…” e aí comecei a dar meus palpites.. do que será que é o comentário? Moisés, judaísmo, Jesus, cristianismo… deve ser coisa de oriente médio… mas tem o velhinho muito velhinho.. não, isso não é Maomé…  Deus talvez… é está com jeito de ser Deus… e continua… “Moisés dá a primeira tacada, a bola cai na lagoa, e Moisés vai até lá, as águas se abrem, e dá a segunda tacada… e cai no buraco”,  pensei… ok… mas e cadê Maomé? e nisso continua o comentário… “Jesus dá a primeira tacada, e a bola cai também na lagoa, entretanto, cai sobre uma vitória régia, Jesus caminha sobre as águas, e dá a segunda tacada… e a bola cai no buraco…” nisso já estou interessado mais na piada do que em saber de Maomé, Buda, ou Shiva… e terminando “nisso o velhinho bem velhinho, dá a tacada, a bola atravessa o campo, bate na carroceria de um caminhão, a bola segue até o riacho, em que um sapo come a bola, e quando vai voltar para o riacho, um gavião o pega, e quando sobrevoa o campo, larga o sapo, e ao cair bate com o peito no chão e a bola salta para fora e cai no buraco… nisso Moisés olha para Jesus, e diz – cara como é chato jogar golfe com seu Pai…”

Eu desatei a rir, não tanto pela piada, mas pela minha piração. Quando se tem uma necessidade de saber o por que, para que e para quem, acaba por se esquecer do que apenas é, porque as coisas que apenas são partem do pressuposto de que a gente aceite que apenas são, não necessariamente concordando ou assumindo partido, mas apenas aceitando que apenas são. Os motivos existem com certeza, eu realmente não acredito numa natureza que apenas é, mas que são motivos que fogem a minha capacidade de abstração, e como não dá para ser católico sem acreditar na hóstia, eu como espírita, acredito que se reencarna, partindo então dessa premissa um dia entenderei, não nessa vida com certeza, porém entender não me servirá de nada se não conseguir respeitar desde já, uma forma diferente da minha de pensar, agora… a hora que alguém conseguir fazer isso, por favor, me ensine…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s