É preciso falar sobre

Café com Beijo

Estou escrevendo o texto mais difícil da minha vida, mais difícil que falar dos quilos que eliminei, das desilusões, das defraudações emocionais, mais doloroso  que os relacionamentos abusivos. Hoje, 16 de março, eu estava assistindo pela internet o capítulo do dia 11 de março da novela brasileira Totalmente Demais. Eu nunca chorei tanto, nunca nenhuma cena me comoveu tanto como a cena do ataque de pânico da personagem Eliza, que quando ia fazer em ensaio fotográfico notou o seu padrasto no estúdio, o padrasto que tentou abusa-la várias vezes. Eu chorei porque eu conheço esse mesmo pânico.

Se fala muito sobre os pedófilos que estão na internet, nas ruas, pouco se fala sobre os mais perigosos e comuns, o que estão dentro de casa, os “amigos” da família, o tio legal, o abusador que almoça com a família, na mesma mesa, o abusador que é da família. Falar sobre isso…

Ver o post original 1.000 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s